Arquivo da tag: Lupa#

Cada linha desta história..

Tecida calma e serenamente de início,contém o seu conto, o seu sentimento e emoção.. Mas no final desta história à uma ausência total de Amor..

Lembranças tecidas a dois, marcadas e vividas a dois..

Esta ligação criada e amada que nos une desde o início destes tempos que fica por terminar, suspensa neste tempo, neste firmamento deve ser liberta.. Cortada..

Mas destruir não é assim tão fácil, eliminar e enterrar todo o tipo de sentimento e emoção.. Actuar como se nada se tivesse passado.. Não pode ser assim!!

Eu sou tudo o que vibra neste meu ser, sou toda a energia que ressoa pela minha alma, seja ela boa ou má..

Sou feita de todos os contos, histórias, e estórias que criei, que vivi e que narrei…

Tudo faz parte de mim, as memórias e recordações, as alegrias e tristezas, os risos e os choros, as mágoas e as paixões, todo o Amor que vivi e senti…

Não posso esquecer, eliminar ou destruir tudo isso.. Não posso destruir a minha teia.. Por muito mal que tenha sido tecida.. Por muito Feia que se apresente.. É a minha Estória, a minha Teia, tudo que Sou..
Não me posso destruir a mim mesma e renascer como uma Fénix no sentido figurativo..

Tenho de viver com tudo o que sou, fui e serei…

Tenho de viver contigo, com a mágoa, a raiva e a tristeza que me fazes sentir.. Mas tenho de aceitar e avançar.. E principalmente tenho de viver Comigo..

Tenho de Caminhar nas Sombras, percorrer a minha Teia e sentir tudo, e controlar meus sentimentos! Saber dar o melhor de mim.. Transformar a raiva em serenidade, a mágoa em resignação, o amor resiliente…

Tenho de aceitar e abraçar todos os acontecimentos, tudo o que fiz, caminhar nas minhas sombras, no mundo que criei e me rodeia..

E fazer as melhores escolhas, com o melhor de mim..

Controlada, ciente de todos os meus sentidos e emoções, na posse de todas as escolhas e caminhos, sabendo a consequência de cada passo dado..

E sempre no caminho do Bem, do que é Justo, do que é um Amor honesto, sincero e puro.. Em todos estes Mundos..

  • Só por hoje não te irrites
  • Só por hoje não te preocupes
  • Só por hoje sê Grata
  • Só por hoje vive e trabalha honestamente
  • Só por hoje ama incondicionalmente

Percorrer a minha teia, o meu Mundo, as minhas estórias de um novo modo..

Antes tinhas o factor pessoal, agora que cortas-te com o que estava mal, transmuta, escolhe bem, trabalha interiormente Não Fales..

A tua partilha não é feita com eles, eles têm as escolhas deles.. A tua partilha é cá em cima, com a tua consciência, com a tua Alma..

Sê boa, nas sombras, caminhando para A Luz, trabalhando o bem, o Amor…

Observado, vendo, reconhecendo, mas não falando, trabalhando..

Afina as linhas da Tua Teia, tens as ferramentas põe mãos à obra..

Trabalha nas Sombras para a Luz, Resgatando a Tua Alma…
Om Shanti…

Awen…

Namaste…

Blessed be…

Tenho muito por dizer.. 

Só de pensar que tive momentos em que pensei em deixar tudo por ti.. Tudo.. E quase o fiz.. 

Ainda bem que não o fiz.. 

Dei-te tudo de mim que podia dar no momento.. Dei-te o Amor, o Companheirismo, a Amizade, o Apoio, assim como a mágoa e a desilusão.. Mas dei-te tudo de mim, muitas Fases de Mim, muitas Partes de Mim.. 

E para quê??.. Porquê eu sei, porque Amei.. 

Mas para quê?! 

Deixas-te de me conhecer, de ver as mudanças que se originam com o tempo, com os acontecimentos, com o crescimento e evolução.. 

Não aceitas-te ver e reconhecer, ficaste preso à ilusão de outros tempos de outros sonhos… 
E agora, agora tratas-me como se a tua mágoa fosse maior que a minha, como se eu não sentisse a tristeza que sentes, a desilusão que acumulas.. 

Nunca saberei que aconteceu, que originou isto tudo, mas tenho muitas ideias.. Mas serão minhas e guardarei esta história toda num baú no fundo minha alma.. 

Voltarei a reconstruir-me a reconhecer-me e a transformar-me.. 

Lamento acima de tudo não ter sido fiel às minhas virtudes, às minhas ideologias.. Infelizmente arrependo-me de ter escrito esta história contigo.. 

Pois perdi-me, e se me tivesse mantido fiel a quem sou não estava onde estou hoje.. E sabes, secalhar a amizade, o companheirismo e a confiança ainda se mantinha.. 

A História seria outra decerto, e com pedras e calhaus no caminho.. Mas secalhar ainda nos poderíamos apoiar um no outro e estaríamos mais felizes que isto.. 

Mas isto são os meus sentimentos, os meus pensamentos, as minhas dores e mágoas.. E com estas palavras pretendo fechar este capítulo, avançar no livro da vida… 

E escrever uma nova história, a minha estória, despochada de sentimentos e emoções, vazia de mim para me preencher de novo.. Evoluindo e crescendo.. 

MaryLin

Queria voar e sentir verdadeiramente…

Livre das amarras deste tempo..

Libertar-me dos contratos criados e estagnados..

Que me prendem e sufocam..

O Caminho é Meu as escolhas são minhas..

É o Meu caminho que devo trilhar.. o Meu Caminho..

Tenho de me libertar dessa consciência colectiva..

Entendê-la, sim..

Mas pensar por mim..

Consciente de mim e desse mundo exterior preso a um ciclo sem fim..

Prestes a mudar e a revirar..

É um trilho solitário assim como a minha essência e aquela que me guia e acompanha..

.

Um Pacto Comigo Mesma 

Lua Cheia reluz pra mim.. 

Mostra-me o próximo ciclo que aí vem.. 

Diz-me como iniciar o caminho de onde fujo..

Caminho que percorri paralelamente. 

Até me ligar a ti, minha Deusa..

Vou iniciar um novo Ciclo ou melhor O Meu Ciclo, contigo a meu lado..

Traçar metas e objectivos.. Mas mais importante ainda, pratica-las… 

O caminho não é só teórico, há que ser vivido praticando-o, vivenciando-o.. 

Com todas as técnicas, ferramentas e graças que possuímo.. 

Lua Cheia, que bates dentro de mim, em uníssono com minha essência.. 

Relembra-me a minha Luz, o meu Dom, as minhas Dádivas.. 

As Minhas Raízes, os meus Pulmões, o meu Mar e a Essência que me preenche.. 

Que eu te sinta, que entre no teu ciclo, que me reconheça em cada fase, e que a viva no momento certo, não no Passado ou no Futuro, mas sim no presente, no Momento.. 

Que aprenda a me libertar e a despegar das emoções conforme o Momento passa.. 

Assim como tu, que passas girando mostrado todas as tuas fases, e aceitando-as, reconhecendo-as, vivendo-as… 

LUA CHEIA.. Minha Mãe faço um pacto contigo.. Tu brilhas e eu curo-me em Ti.. 

….

Lembrando-me de quando conheci a Lupa.. A minha Loba.. A minha Protectora e o meu Animal de Poder.. 

Quando comecei com o Reiki estava numa nova etapa, num novo passo, ou melhor, salto.. O “meu” R… (Esta história fica pra outro conto..) 
E foi um começo, sempre gostei de misticismo, ocultismo, esoterismo, os mistérios da vida… Os nomes que lhes quiserem dar.. 

E foi uma introdução prática.. Conhecer a energia, trabalhar com ela.. Eu não vejo.. Quando pratico Reiki ou Karuna eu apenas sinto e me entrego e deixo fluir, não vejo os Mestres trabalhando mas Sinto-os.. E sei que eles estão ali.. Confio, confio em Mim e na minha vontade e intenção.. 

A energia flui das minhas mãos e vou seguindo minha intuição.. E não analiso, não penso no porquê de estar a fazer este ou aquele símbolo, de ir de um pra outro Chacra sem pensar.. Simplesmente deixo ser, acontecer, fluir, e tratar o que tem de ser.. 

E só depois de terminar, de relaxar é que começo analisar a pensar em como foi a sessão e o porquê dos símbolos e dos chackras.. Pesquisando, lendo, sentindo.. 

Às vezes duvido de mim, mas não.. Eu sei o que é a Energia, eu sinto-a, eu acredito nela.. E a Lupa tirou essas minhas dúvidas..

Nas minhas meditações eu relaxo, mas se viajo não me lembro.. 

E na minha primeira meditação para descobrir o meu animal de poder mesmo no fim antes de vir a mim eu via-a… 

No cantinho do meu olho direito o teu focinho cinzento.. LUPA a Loba! A Mestra! A Mãe! 

Não esperava que fosses tu, sempre pensei numa borboleta ou num cavalo.. Por isso não tive duvidas de que era uma prova de confiança, o que eu precisava para realmente limpar as minhas dúvidas.. E não o meu Ego, o meu Cérebro querendo me enganar.. 

Pesquiso muito, leio muito, questiono muito mas pratico pouco.. 

Mas vou juntando as minhas peças..

Cada ser tem a sua perspectiva, a sua verdade, o seu mundo.. A verdade é apresentada de maneiras diferentes para todos nós.. Cada um tem a sua maneita de ver as coisas, que é influenciada pelo seu estado de espírito, pelas suas emoções, pelas suas hormonas, um sem número de variáveis , que influenciam as nossas escolhas, os nossos actos, as nossas verdades.. 

E tu Lupa, foste o modo de me dar confiança para acreditar em mim, para saber que o caminho pode e deve ser feito sozinho, pois é o teu caminho, a tua verdade, as tuas escolhas, o teu Mundo.. O meu Caminho.. 

Bem que pesquisei o significado do meu animal Lobo.. E li muito mas no fim o verdadeiro significado escolhi eu, juntando as pontas soltas, criando o meu próprio entendimento sobre o teu aparecimento! Pois a verdade apresenta-se sobre o modo que o queres ver.. 

Minha Lupa…Grata por me teres escolhido… 

E de mais podia falar eu..

Quando te conheci completou-se mais uma peça de mim, um puzzle que pretendo montar e reconhecer cada pedaço de Luz e de Sombra.. 

A sensação de preenchimento, o sorriso estampado no rosto.. 

Sim Lupa, eu sei que tas comigo..

És a parte que me faz questionar e procurar as respostas, a parte solitária que reconhece o caminho da aprendizagem e não tem medo de o percorrer sozinha, pois sabes que esse conhecimento será transmitido por ti aos teus, da tua Alcateia… 

És uma das minhas partes maternas a que ama e cuida intensamente e a que deixa ir, que solta, que se liberta deles para os deixar voar mostrando-lhes o que é o Mundo.. 

Sim somos nós, Unas.. 

Mundo Doido 

Este Mundo está doido.. 

Digam-me como como sair da Matriz?? 

Como se consegue com tranquilidade, prescindir de tudo.. 

Se desisto e me despeço, como pago as minhas contas? 

Se não tenho tecto para onde vou com os Meus? 

Se não tenho lar como vou alimentar?? 

Eu sei que tudo é possível, mas nada é fácil.. 

Sair assim da Matriz, desaparecer do Mundo, como fazê-lo?! 

Posso muito bem pegar nas minhas coisas e neles e partir com rumo incerto, mas ia sujeitá-los a provocações desnecessárias?! E mao falo a nível material! 

Há pessoas em situações bem piores que conseguem, mas são obrigados a isso… 

Eu não tenho uma obrigação mas sim uma necessidade.. 

Não consigo suportar o desapego das pessoas, não pelos bens materiais, quem me dera, mas pelas pessoas, pelo próximo.. 

Não há respeito, há uma falsa humilde, aliás, até encontro egoísmo disfarçado de humildade.. 

Não vejo maneira disto mudar.. 

As comunidades vivem de ondas.. 

Ondas de solidariedade aos idosos, aos bombeiros, às crianças… Hoje em dia até à dias para tudo, da fruta, da criança, dos avós, dos pais.. 

Mas são ondas, vêm e vão, em vez de se tornar um hábito diário e saudável.. 

Enfim, hoje véspera de lua cheia onde devia estar no auge de mim, estou sugada de energia, apática nesta vida.. Preferindo não ter o conhecimento que tenho.. 

Que me coloca dúvidas e questões às quais não tenho resposta, e que deixa neste impasse, no limbo, sem dar um passo à frente ou atrás.. 

Assim inerte, empatica, esgotada e completamente desamparada.. 

  • Pois não encontro um ser nesta minha comunidade puro e inocente de maldade..

Não digo inocente, digo inocente de maldade.. Pois ninguém é perfeito vivemos de emoções e sentimentos, pensamentos e ideais.. Temos o nosso lado Sombra.. Mas lá porque descarregamos, desabafamos, reagimos sem pensar, não quer dizer que tenhamos maldade para como os outros.. Mas temos emoções e eles têm de ser libertado,  controlada ou descontroladamente.. 

Não é fácil gerir este mundo sem apoio, pois o negativo é mais valorizado que o negativo, e sair desta Matriz não é fácil, é algo trabalhoso e moroso… 

Desformatar bases e estruturas no nosso inconsciente consciente, quando somos atacados incessantemente tem que se lhe diga… 

Cresce.. Na Plenitude do teu Ser..
Deixa-te preencher pela Luz do Sol..

Absorve a energia da Luz…

Do crescimento…

Sente a energia vibrar e crescer dentro de ti,

À tua volta..

Actua no teu consciente exterior..

Manifesta-te…

Move os dados,

Movimenta a teia,

E dança ao som da vida!!

Extingue o meu fogo e o teu.

Não me deixes arder e queimar

Sem me poder reparar

Movimenta, dança, vibra…

Extingue a chama.

Cura-me e deixa a água correr..

Nesta fase crescente,

Aprende a lição e ajuda-nos…

Mãe Terra que sejas Protegida,

Não te irrites mais,

Acalma-te por agora,

O Caos está imenso

Quem te habita e Adora

Sofre contigo..

  • O Povo pede Perdã!

Pachamama..

Gaya…

  • Perdoa-nos…

A Curva

E agora vem o derradeiro teste!

A verdadeira prova de que estas disposta a mudar, a quebrar o ciclo, a entrar na espiral..

Estas pronta pra seguir em frente? Pra criar o teu destino consciente?

Tens o poder dentro de ti.. Latente.. Prestes a sair.. Controla-o, sê consciente.. Não tenhas medo de tomar as rédeas, de controlar.. O teu destino, é teu.. Tu é que o fazes.. Não te escondas, levanta a cabeça e enfrenta-te..

Sê senhora de ti, dos teus actos, das tuas palavras, dos teus caminhos..

Consciente e plena de mim.. 

 

image

Semeia.. Tece…
É altura de sonhar, idealizar, definir..
Semeia o que queres colher, planeia para que possa acontecer.. Há de vir o tempo de colher..

Seja o que for, venha o que vier..
Tece, rega, cuida..
Para que não seja surpresa e a desilusão te apanhe..

O Deus Sol trará a energia de volta, a paixão pela Vida..
Os sentimentos e emoções andarão à solta..
A colheita dará os seus frutos, cuida para que não tenham bicho..
A escuridão ainda reina! Encontra a tua Luz.. Acende a tocha que carregas ao peito.. Deixa-a arder..

Vive e serás feliz..

Lupa#