Arquivo da categoria: ciclo

Cada linha desta história..

Tecida calma e serenamente de início,contém o seu conto, o seu sentimento e emoção.. Mas no final desta história à uma ausência total de Amor..

Lembranças tecidas a dois, marcadas e vividas a dois..

Esta ligação criada e amada que nos une desde o início destes tempos que fica por terminar, suspensa neste tempo, neste firmamento deve ser liberta.. Cortada..

Mas destruir não é assim tão fácil, eliminar e enterrar todo o tipo de sentimento e emoção.. Actuar como se nada se tivesse passado.. Não pode ser assim!!

Eu sou tudo o que vibra neste meu ser, sou toda a energia que ressoa pela minha alma, seja ela boa ou má..

Sou feita de todos os contos, histórias, e estórias que criei, que vivi e que narrei…

Tudo faz parte de mim, as memórias e recordações, as alegrias e tristezas, os risos e os choros, as mágoas e as paixões, todo o Amor que vivi e senti…

Não posso esquecer, eliminar ou destruir tudo isso.. Não posso destruir a minha teia.. Por muito mal que tenha sido tecida.. Por muito Feia que se apresente.. É a minha Estória, a minha Teia, tudo que Sou..
Não me posso destruir a mim mesma e renascer como uma Fénix no sentido figurativo..

Tenho de viver com tudo o que sou, fui e serei…

Tenho de viver contigo, com a mágoa, a raiva e a tristeza que me fazes sentir.. Mas tenho de aceitar e avançar.. E principalmente tenho de viver Comigo..

Tenho de Caminhar nas Sombras, percorrer a minha Teia e sentir tudo, e controlar meus sentimentos! Saber dar o melhor de mim.. Transformar a raiva em serenidade, a mágoa em resignação, o amor resiliente…

Tenho de aceitar e abraçar todos os acontecimentos, tudo o que fiz, caminhar nas minhas sombras, no mundo que criei e me rodeia..

E fazer as melhores escolhas, com o melhor de mim..

Controlada, ciente de todos os meus sentidos e emoções, na posse de todas as escolhas e caminhos, sabendo a consequência de cada passo dado..

E sempre no caminho do Bem, do que é Justo, do que é um Amor honesto, sincero e puro.. Em todos estes Mundos..

  • Só por hoje não te irrites
  • Só por hoje não te preocupes
  • Só por hoje sê Grata
  • Só por hoje vive e trabalha honestamente
  • Só por hoje ama incondicionalmente

Percorrer a minha teia, o meu Mundo, as minhas estórias de um novo modo..

Antes tinhas o factor pessoal, agora que cortas-te com o que estava mal, transmuta, escolhe bem, trabalha interiormente Não Fales..

A tua partilha não é feita com eles, eles têm as escolhas deles.. A tua partilha é cá em cima, com a tua consciência, com a tua Alma..

Sê boa, nas sombras, caminhando para A Luz, trabalhando o bem, o Amor…

Observado, vendo, reconhecendo, mas não falando, trabalhando..

Afina as linhas da Tua Teia, tens as ferramentas põe mãos à obra..

Trabalha nas Sombras para a Luz, Resgatando a Tua Alma…
Om Shanti…

Awen…

Namaste…

Blessed be…

Tenho muito por dizer.. 

Só de pensar que tive momentos em que pensei em deixar tudo por ti.. Tudo.. E quase o fiz.. 

Ainda bem que não o fiz.. 

Dei-te tudo de mim que podia dar no momento.. Dei-te o Amor, o Companheirismo, a Amizade, o Apoio, assim como a mágoa e a desilusão.. Mas dei-te tudo de mim, muitas Fases de Mim, muitas Partes de Mim.. 

E para quê??.. Porquê eu sei, porque Amei.. 

Mas para quê?! 

Deixas-te de me conhecer, de ver as mudanças que se originam com o tempo, com os acontecimentos, com o crescimento e evolução.. 

Não aceitas-te ver e reconhecer, ficaste preso à ilusão de outros tempos de outros sonhos… 
E agora, agora tratas-me como se a tua mágoa fosse maior que a minha, como se eu não sentisse a tristeza que sentes, a desilusão que acumulas.. 

Nunca saberei que aconteceu, que originou isto tudo, mas tenho muitas ideias.. Mas serão minhas e guardarei esta história toda num baú no fundo minha alma.. 

Voltarei a reconstruir-me a reconhecer-me e a transformar-me.. 

Lamento acima de tudo não ter sido fiel às minhas virtudes, às minhas ideologias.. Infelizmente arrependo-me de ter escrito esta história contigo.. 

Pois perdi-me, e se me tivesse mantido fiel a quem sou não estava onde estou hoje.. E sabes, secalhar a amizade, o companheirismo e a confiança ainda se mantinha.. 

A História seria outra decerto, e com pedras e calhaus no caminho.. Mas secalhar ainda nos poderíamos apoiar um no outro e estaríamos mais felizes que isto.. 

Mas isto são os meus sentimentos, os meus pensamentos, as minhas dores e mágoas.. E com estas palavras pretendo fechar este capítulo, avançar no livro da vida… 

E escrever uma nova história, a minha estória, despochada de sentimentos e emoções, vazia de mim para me preencher de novo.. Evoluindo e crescendo.. 

MaryLin

Queria voar e sentir verdadeiramente…

Livre das amarras deste tempo..

Libertar-me dos contratos criados e estagnados..

Que me prendem e sufocam..

O Caminho é Meu as escolhas são minhas..

É o Meu caminho que devo trilhar.. o Meu Caminho..

Tenho de me libertar dessa consciência colectiva..

Entendê-la, sim..

Mas pensar por mim..

Consciente de mim e desse mundo exterior preso a um ciclo sem fim..

Prestes a mudar e a revirar..

É um trilho solitário assim como a minha essência e aquela que me guia e acompanha..

.

Um Pacto Comigo Mesma 

Lua Cheia reluz pra mim.. 

Mostra-me o próximo ciclo que aí vem.. 

Diz-me como iniciar o caminho de onde fujo..

Caminho que percorri paralelamente. 

Até me ligar a ti, minha Deusa..

Vou iniciar um novo Ciclo ou melhor O Meu Ciclo, contigo a meu lado..

Traçar metas e objectivos.. Mas mais importante ainda, pratica-las… 

O caminho não é só teórico, há que ser vivido praticando-o, vivenciando-o.. 

Com todas as técnicas, ferramentas e graças que possuímo.. 

Lua Cheia, que bates dentro de mim, em uníssono com minha essência.. 

Relembra-me a minha Luz, o meu Dom, as minhas Dádivas.. 

As Minhas Raízes, os meus Pulmões, o meu Mar e a Essência que me preenche.. 

Que eu te sinta, que entre no teu ciclo, que me reconheça em cada fase, e que a viva no momento certo, não no Passado ou no Futuro, mas sim no presente, no Momento.. 

Que aprenda a me libertar e a despegar das emoções conforme o Momento passa.. 

Assim como tu, que passas girando mostrado todas as tuas fases, e aceitando-as, reconhecendo-as, vivendo-as… 

LUA CHEIA.. Minha Mãe faço um pacto contigo.. Tu brilhas e eu curo-me em Ti.. 

….

Lembrando-me de quando conheci a Lupa.. A minha Loba.. A minha Protectora e o meu Animal de Poder.. 

Quando comecei com o Reiki estava numa nova etapa, num novo passo, ou melhor, salto.. O “meu” R… (Esta história fica pra outro conto..) 
E foi um começo, sempre gostei de misticismo, ocultismo, esoterismo, os mistérios da vida… Os nomes que lhes quiserem dar.. 

E foi uma introdução prática.. Conhecer a energia, trabalhar com ela.. Eu não vejo.. Quando pratico Reiki ou Karuna eu apenas sinto e me entrego e deixo fluir, não vejo os Mestres trabalhando mas Sinto-os.. E sei que eles estão ali.. Confio, confio em Mim e na minha vontade e intenção.. 

A energia flui das minhas mãos e vou seguindo minha intuição.. E não analiso, não penso no porquê de estar a fazer este ou aquele símbolo, de ir de um pra outro Chacra sem pensar.. Simplesmente deixo ser, acontecer, fluir, e tratar o que tem de ser.. 

E só depois de terminar, de relaxar é que começo analisar a pensar em como foi a sessão e o porquê dos símbolos e dos chackras.. Pesquisando, lendo, sentindo.. 

Às vezes duvido de mim, mas não.. Eu sei o que é a Energia, eu sinto-a, eu acredito nela.. E a Lupa tirou essas minhas dúvidas..

Nas minhas meditações eu relaxo, mas se viajo não me lembro.. 

E na minha primeira meditação para descobrir o meu animal de poder mesmo no fim antes de vir a mim eu via-a… 

No cantinho do meu olho direito o teu focinho cinzento.. LUPA a Loba! A Mestra! A Mãe! 

Não esperava que fosses tu, sempre pensei numa borboleta ou num cavalo.. Por isso não tive duvidas de que era uma prova de confiança, o que eu precisava para realmente limpar as minhas dúvidas.. E não o meu Ego, o meu Cérebro querendo me enganar.. 

Pesquiso muito, leio muito, questiono muito mas pratico pouco.. 

Mas vou juntando as minhas peças..

Cada ser tem a sua perspectiva, a sua verdade, o seu mundo.. A verdade é apresentada de maneiras diferentes para todos nós.. Cada um tem a sua maneita de ver as coisas, que é influenciada pelo seu estado de espírito, pelas suas emoções, pelas suas hormonas, um sem número de variáveis , que influenciam as nossas escolhas, os nossos actos, as nossas verdades.. 

E tu Lupa, foste o modo de me dar confiança para acreditar em mim, para saber que o caminho pode e deve ser feito sozinho, pois é o teu caminho, a tua verdade, as tuas escolhas, o teu Mundo.. O meu Caminho.. 

Bem que pesquisei o significado do meu animal Lobo.. E li muito mas no fim o verdadeiro significado escolhi eu, juntando as pontas soltas, criando o meu próprio entendimento sobre o teu aparecimento! Pois a verdade apresenta-se sobre o modo que o queres ver.. 

Minha Lupa…Grata por me teres escolhido… 

E de mais podia falar eu..

Quando te conheci completou-se mais uma peça de mim, um puzzle que pretendo montar e reconhecer cada pedaço de Luz e de Sombra.. 

A sensação de preenchimento, o sorriso estampado no rosto.. 

Sim Lupa, eu sei que tas comigo..

És a parte que me faz questionar e procurar as respostas, a parte solitária que reconhece o caminho da aprendizagem e não tem medo de o percorrer sozinha, pois sabes que esse conhecimento será transmitido por ti aos teus, da tua Alcateia… 

És uma das minhas partes maternas a que ama e cuida intensamente e a que deixa ir, que solta, que se liberta deles para os deixar voar mostrando-lhes o que é o Mundo.. 

Sim somos nós, Unas.. 

Cresce.. Na Plenitude do teu Ser..
Deixa-te preencher pela Luz do Sol..

Absorve a energia da Luz…

Do crescimento…

Sente a energia vibrar e crescer dentro de ti,

À tua volta..

Actua no teu consciente exterior..

Manifesta-te…

Move os dados,

Movimenta a teia,

E dança ao som da vida!!

Extingue o meu fogo e o teu.

Não me deixes arder e queimar

Sem me poder reparar

Movimenta, dança, vibra…

Extingue a chama.

Cura-me e deixa a água correr..

Nesta fase crescente,

Aprende a lição e ajuda-nos…

Mãe Terra que sejas Protegida,

Não te irrites mais,

Acalma-te por agora,

O Caos está imenso

Quem te habita e Adora

Sofre contigo..

  • O Povo pede Perdã!

Pachamama..

Gaya…

  • Perdoa-nos…

image

Semeia.. Tece…
É altura de sonhar, idealizar, definir..
Semeia o que queres colher, planeia para que possa acontecer.. Há de vir o tempo de colher..

Seja o que for, venha o que vier..
Tece, rega, cuida..
Para que não seja surpresa e a desilusão te apanhe..

O Deus Sol trará a energia de volta, a paixão pela Vida..
Os sentimentos e emoções andarão à solta..
A colheita dará os seus frutos, cuida para que não tenham bicho..
A escuridão ainda reina! Encontra a tua Luz.. Acende a tocha que carregas ao peito.. Deixa-a arder..

Vive e serás feliz..

Lupa#

Um Novo Ciclo

E mais um ciclo se inicia… Começa Mabon, o Outono, a Chuva, o Frio…
Começa a nossa introspecção, a nossa colheita…
Os dias ficam mais frios e mais curtos..
A Primavera vai-se, as folhas caem, os pássaros emigram, o Sol arrefece..
A escuridão prepara-se para tomar lugar.. O frio leva-nos ao recolhimento..
Está na altura de fazermos novos planos, de caminharmos para o interior de nós mesmos e vermos tudo o que fizemos e deixamos de fazer, de colhermos as consequências de nossos actos..
Um novo ciclo se inicia e esta é altura de traçarmos um novo caminho…

image

Lupa#

Lupa#